Início Figuras Públicas José Sócrates exaltado no início do interrogatório sublinha que “vai repor a...

José Sócrates exaltado no início do interrogatório sublinha que “vai repor a verdade”

Ex-primeiro-ministro, que esteve preso durante dez meses e depois 42 dias em domiciliária, está acusado de três crimes de corrupção passiva de titular de cargo político.

Assim, o ex-primeiro-ministro José Sócrates começa a ser interrogado esta segunda-feira, a seu pedido. Na instrução da Operação Marquês, quase cinco anos após ter sido detido por suspeitas de branqueamento de capitais, corrupção, fraude fiscal e falsificação de documentos.

Ao minuto
14h54 – 
Começou o interrogatório. José Sócrates já está a ser ouvido pelo juiz Ivo Rosa.

Então, o antigo primeiro-ministro apresentou-se exaltado no início do interrogatório, que decorre no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC).

Assim, para já Sócrates está a fazer a sua declaração de principios 

14h44 – 
À entrada do tribunal, o procurador do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) Rosário Teixeira disse “não esperar nada de novo com a inquirição de Jose Sócrates”. Considerando natural que o arguido utilize “este ato de defesa”. “É natural que queira prestar depoimento” nesta fase do processo, observou.

14h24 – 
O juiz Ivo Rosa proibiu que os jornalistas estivessem presentes no interrogatório ao antigo primeiro-ministro José Sócrates. Mesmo aqueles que foram constituídos assistentes do processo.

Então, em declarações à CMTV, a jornalista do Sol, Felícia Cabrita, afirmou que saiu pelo próprio pé da sala de audiências do Tribunal de Instrução Criminal. Mesmo tendo consigo um despacho judicial que autorizava a jornalista a assistir ao interrogatório, depois de ter sido convidada a abandonar a sala com a ajuda da polícia.